ATENÇÃO Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.
X
+(351) 21.317.38.80
Expo Campeão
Set-1998
O elogio veio de longe. Nos meus contactos eventuais de rádio amador, modulei (é o termo do rádio amador) com a Austrália. O colega australiano verificou que o meu indicativo português era alusivo às comemorações da EXPO, CT 98 em vez do CT1 habitual. Prontamente me informou que havia visitado Portugal e que ficara entusiasmado com a nossa EXPO. Disse mais, "...0 trabalho realizado pelos portugueses surpreendeu-me favoravelmente, não esperava que fosse tão bonito e tão bem planeado". Adorou os shows, o Oceanário e não parava de elogiar. Depois de uma boa prosa, falei um pouco mais da economia do país, quando fui surpreendido com a seguinte afirmação do australiano: "... vocês portugueses são o povo mais dinâmico e empreendedor que eu conheço na Europa". Ora, como sabem, eu não sou português mas recebi o elogio como se o fosse e não declinei a minha nacionalidade ao meu interlocutor para não perder a beleza do momento. Despedi-me do colega e fiquei a meditar. Será que os portugueses têm noção da grandiosidade e da repercussão da EXPO no exterior? E mais, será que a EXPO não será uma virada de página na mentalidade dos que pensam que Portugal é inferior aos outros povos? Do pessimismo? Penso que a EXPO poderá mostrar à nova geração que Portugal é capaz de realizar obras notáveis, trabalhar em equipa com eficiência e atingir objectivos de desenvolvimento e progresso compatíveis com os países mais desenvolvidos. Basta acreditar. Não podemos encarar os desafios futuros com complexo de inferioridade. A EXPO é a prova do que somos capazes de realizar. O próximo passo é a selecção de futebol portuguesa ganhar à Itália e à Alemanha. Tem que acreditar. Tenho dito! Arnaldo Grossman Presidente do Grupo Consultan Novembro de 1998